Fomentar a aprendizagem e o desenvolvimento das crianças significa ajudá-las a progredir na definição da própria identidade e no conhecimento e valorização de si mesmas. Nos espaços formais e, por meio das experiências vivenciadas, o Instituto Marcos Freitas proporciona a aquisição de conhecimentos em todos estes aspectos:

COGNITIVO

SOCIAL

MOTOR

AFETIVO

BERÇÁRIO E MATERNAL I

A linguagem oral é um fator primordial na formação da criança. Ela possibilita a interação com as outras pessoas, com o mundo, com o desenvolvimento do pensamento e a construção de conhecimentos. Os alunos são estimulados, durante todo o ano, por meio de poesias, parlendas, brincadeiras cantadas, músicas e histórias, a construir frases completas e a enriquecer o vocabulário.
Promovemos experiências significativas e a busca pelo equilíbrio entre a imagem positiva individual e a imagem real do mundo.

MATERNAL II

A socialização é enfatizada, procurando construir relações que assegurem à criança a autonomia moral na fase adulta, buscando desenvolver habilidades, como partilha, cooperação e solidariedade. Esse processo inicia-se com o nascimento e, embora sujeito a mudanças, permanece ao longo de todo o ciclo vital. Partindo de temas que fazem parte do cotidiano das crianças, as professoras desenvolverão o projeto “Atitudes que florescem”, no qual serão trabalhadas, de formas variadas, as possibilidades de desenvolvimento cognitivo e socioemocional.

PRÉ-ESCOLA I

O trabalho da educação psicomotora com a criança do primeiro período tem como objetivo formar a base indispensável em seu desenvolvimento motor, afetivo e psicológico, dando oportunidade  para
que ela, por meio de jogos e de atividades lúdicas, conscientize-se sobre seu corpo. O desenvolvimento das estruturas psicomotoras permite à criança melhorar a postura, a coordenação global dos movimentos, a motricidade fina, o ritmo, a discriminação táctil, visual, auditiva e aumentar a capacidade de atenção e concentração.

PRÉ-ESCOLA II

A criança de 5 anos já possui domínio motor, domínio da linguagem oral e grande conhecimento do mundo letrado, o que possibilita a sistematização do processo de alfabetização nesta série.  Nestas turmas, as atividades de raciocínio lógico-matemático têm como objetivo determinar o nível de pensamento e a capacidade operatória do nosso aluno.

FAIXA ETÁRIA
 

Em acordo com a Deliberação E/CME no 30/2019, o ingresso da criança na Educação Infantil obedece aos seguintes critérios de idade:
 

Turmas e faixas etárias:

Berçário II – 1 ano e seis meses a partir de 31 de março
Maternal I – 2 anos completos –até 31 de março
Maternal II – 3 anos completos – até 31 de março
Pré-escola I – 4 anos completos – até 31 de março
Pré-escola II – 5 anos completos – até 31 de março

Turnos oferecidos:

Manhã (das 7h30 min às 12h)

Tarde (das 13h às 17h30 min)



 

DIFERENCIAL PEDAGÓGICO

MINICIDADE IMF

 

Para as crianças, o “brincar de casinha” traduz um processo simbólico fundamental para que compreendam o mundo e a vida adulta na qual estão inseridos. Trata-se de fortalecer identidades, entender a vida real, processar emoções, relacionar-se com o outro e representar diferentes papéis. Portanto, é fácil compreender a importância de um espaço em que esse gênero do brincar pode ser multiplicado, como é o caso da minicidade do IMF; uma minicidade minuciosamente concebida para potencializar a imaginação infantil. Com banco, salão de cabeleireiro, mecânica, escola, supermercado e clínicas, a MINICIDADE IMF é um espaço multidimensional e flexível que abriga
os mais diferentes projetos educativos. É um espaço de aprendizagem, sim, mas, fundamentalmente, é um lugar especial para o livre brincar, para ser criança, para ser feliz.


 

COZINHA EXPERIMENTAL
 

Um espaço diferente para levar ao aluno informações sobre hábitos saudáveis da alimentação, nutrição e gastronomia. A cozinha experimental traz oportunidade de uso para todos os componentes curriculares, permitindo que os professores ilustrem seus conteúdos com criatividade, despertando, ainda mais, o interesse dos alunos.


EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Visando aos novos desafios da educação para o século XXI, o Instituto Marcos Freitas inova o programa de educação tecnológica da Instituição, em parceria com a APDZ, empresa brasileira especializada em integrar novas tecnologias à educação. Nossa Instituição vem adotando uma proposta pedagógica que inclui a educação tecnológica para o Ensino Infantil  -  parte integrante da
Educação Tecnológica  - em caráter interdisciplinar, objetivando desenvolver, em nossas crianças e jovens, uma ampla variedade de conhecimentos, habilidades e competências necessárias a um novo tempo.

A Educação Infantil é a porta de entrada dessa metodologia. Os kits LEGO® Education e o material didático individual foram desenvolvidos levando em conta todas as especificidades dessa faixa etária.


PROJETO RALI (ATIVIDADES ESPORTIVAS)

A importância do esporte para a sociedade humana é inquestionável, pois o benefício dos exercícios físicos traz um extraordinário bem-estar ao corpo e à mente. No IMF, em parceria com o Projeto Rali – Atividades Esportivas, oferecemos, como curso extracurricular, modalidades esportivas direcionadas aos alunos da Educação Infantil ao Ensino Fundamental, tais como: natação, balé, futebol de campo, dança, ginástica artística, entre outras.


 

EDUCAÇÃO MUSICAL
 

“Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música, não começaria com partituras, notas e pautas. Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria sobre os instrumentos que fazem a música. Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas. Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes. ” (Rubens Alves)


No âmbito da Educação Infantil, a linguagem musical explora possibilidades de aprendizado em que a criança aprecie, experimente, vivencie e construa. O fazer musical ocorre por meio da criação e da reprodução, que garantem três possibilidades de ação: a interpretação, a improvisação e a composição.
As aulas são iniciadas com um canto de entrada, um aquecimento inicial, em que ocorrem os primeiros trabalhos de movimento. Em seguida, as crianças interagem em uma atividade lúdico-musical. Como apoio, são utilizados diferentes instrumentos musicais de fácil manejo pelas crianças, como tambor, reco-reco, triângulo, chocalho, ganzá, pandeiro, caxixi, tamborim, agogô e sino, acompanhados por instrumentos harmônicos (violão, teclado, xilofone, gaita ou flauta), tocados pelos professores. As aulas são finalizadas com uma atividade de relaxamento e desaceleração.


 

O TEATRO
 

Trabalhamos com crianças de 5 anos, da Pré-escola 2, aulas de teatro no contraturno, totalmente gratuitas.

As aulas são ministradas pela professora Tatiana Nogueira, Bacharel em Artes Cênicas e Licenciada em Teatro, com experiência de mais de10 anos e indicada a vários prêmios. Durante a aula, é desenvolvida a autoexpressão da criança, possibilitando exercitar suas capacidades cognitivas, sensitivas e afetivas. Além disso, são resgatados o “faz de conta” no conteúdo teatral, a imaginação e a criatividade, que serão as ferramentas principais para trabalhar a expressividade cênica.


 

INGLÊS PARA TODA A VIDA

O domínio de outras línguas estrangeiras é um pré-requisito fundamental em uma educação que se pretende contemporânea. Ao longo dos últimos anos, o IMF vem aprimorando, continuamente, seu trabalho na área, com abordagens pedagógicas renovadas e uma efetiva prioridade na matriz curricular. O trabalho com o Inglês começa ainda nos primeiros anos da Educação Infantil, que conta com atividades cotidianas de sensibilização e uma Coordenação específica, que faz intervenções livres durante as atividades desenvolvidas pelos alunos. Ao longo das etapas, as crianças trabalham com materiais didáticos específicos, incluindo livros, com uma progressiva aproximação com a língua.

EQUIPE DE COORDENAÇÃO

Dinelle Ferreira 

Marilú Ferreira Pereira Coutinho

Luciana dos Santos Monteiro

©2017 OMNI Comunicação